slogan

SELO ENEF RGB 01

Seja qual for o seu motivo, faça um mundo com mais Economia.

Nota do Corecon ao Governo do Estado do RS

Excelentíssimo Governador do Estado do RS,

O Conselho de Economia da 4ª Região – CORECON-RS congrega 4.000 economistas e acompanha a formação de outros 3.000 estudantes de Cursos de Economia do Estado do Rio Grande do Sul.

Convencido da necessidade de um Estado mais moderno e eficiente, o Conselho Regional de Economia do Rio Grande do Sul entende que o papel do Estado deve focar em atividades que a sociedade civil e os agentes privados não são capazes de executar plena e adequadamente. Para cumprir este propósito necessitam os governos planejar ações de curto, médio e longo prazo com base em indicadores e estudos nos quais a participação do profissional Economista é fundamental.

A produção de estatísticas e indicadores econômicos como, por exemplo, o PIB possui uma natureza que a configura como um bem público, não rival e não excludente, que cresce em relevância quando transformado em conhecimento comum, a todos acessível. Por esse motivo, o CORECON-RS entende que a produção de estatísticas que possuem essas propriedades é de responsabilidade do Estado.

Com fundamento em tais premissas, o CORECON-RS respeitosamente questiona o planejamento que fundamentou a decisão de dispensar Economistas concursados nas Fundações em processo de extinção, sem que esta ação represente efeitos significativos na redução do gasto público, enquanto, simultaneamente, abre concurso em outros órgãos governamentais. Os economistas que o governo pretende dispensar, em sua maioria mestres e doutores, representam investimento em capital humano e possuem vasta experiência na execução de atividades de elaboração e análise de indicadores econômicos. Manifesta-se assim este Conselho, pelo cuidado na preservação do conhecimento, da experiência e da memória destes profissionais que por anos trabalharam para subsidiar as políticas públicas do Estado do Rio Grande do Sul, em governos de diferentes matizes ideológicas, colaborando para o seu aperfeiçoamento e atração de investimentos.

Por fim, o CORECON-RS se coloca ao inteiro dispor do Governo do Estado para auxiliar na busca de soluções que compatibilizem objetivos da administração pública e de toda sociedade gaúcha.

Cordialmente,

Conselho Regional de Economia do RS