slogan

SELO ENEF

Economistas gaúchos entre os vencedores do Prêmio Brasil de Economia

pedro fonsecaOs economistas gaúchos Pedro Cezar Dutra Fonseca, Ricardo Dathein e Márcia Scudella estão entre os vencedores do XXII Prêmio Brasil de Economia. Com o trabalho "Desenvolvimentismo: A Construção do Conceito", Fonseca conquistou o 1º Lugar na Categoria Artigo Técnico ou Científico. Dathein, conquistou o 3º lugar na Categoria Livro de Economia com a obra “Desenvolvimentismo: o conceito, as bases teóricas e as políticas”, do qual foi organizador, e teve, como autores, André Cunha, Fernando Ferrari Filho, Luiz Faria, Marcelo Milan, Marcilene Martins, Octavio Conceição, Pedro Fonseca e Ronaldo Herrlein Jr, da FCE/UFRGS. Márcia Scudella  conquistou o 2º lugar na Categoria Artigo Técnico ou Científico com o trabalho “O Cooperativismo e o Desenvolvimento Local: um estudo da cooperativa de crédito Sicredi Serrana RS - Unidade de atendimento de Boa Vista do Sul (RS) no período do 1997-2010”.

Os resultados foram divulgados pelo Cofecon, e a solenidade de premiação será realizada no dia 31 de agosto, durante o XXV Simpósio Nacional dos Conselhos de Economia (Since), em Natal, Rio Grande do Norte.

Foram inscritos nesta edição do Prêmio um total de 88 trabalhos, que passaram pela análise e julgamento de uma Comissão Avaliadora, composta por 15 professores doutores.

Conheça os trabalhos premiados:

Categoria Livro de Economia:

1º Lugar: Economista Pedro Linhares Rossi. Título: “Taxa de Câmbio e Política Cambial no Brasil”;

2º Lugar: Economista Marco Antônio Jorge. Título: “Homicídios no Brasil em Sergipe - Uma Análise sob a ótica da Economia do Crime”;

3º Lugar: Economista Ricardo Dathein. Título: “Desenvolvimentismo”.

Categoria Tese de Doutorado:

1º Lugar: Economista Antônio Cláudio Lopes da Gama Cerqueira. Título: “Ensaios sobre inflação, dinâmica produtiva e política econômica em uma abordagem estruturalista Pós-Keynesiana” - Instituição: Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional da UFMG;

2º Lugar: Economista Erika Cristina Barbosa de Almeida Ribeiro. Título: “Ensaios sobre os gastos públicos dos municípios brasileiros: análises dos fenômenos efeito flypaper, corrida para o fundo e migração de bem-estar” - Instituição: Universidade Federal de Juiz de Fora;

3º Lugar: Economista Rosangela Maria Pontili. Título: “Determinantes do Abandono e atraso Escolar, de adolescente no ensino médio: uma análise para a região Sul do Brasil”- Instituição: Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Campus de Toledo.

Categoria Dissertação de Mestrado:

1º Lugar: Economista Cryslaine Flávia da Silva Rodrigues. Título: “O Efeito da Política Industrial sobre o Potencial de Crescimento Brasileiro: Uma análise voltada para projeção com ênfase no período de 2016-2015”; Instituição: Universidade Federal do Rio Grande do Norte;

2º Lugar: Economista Letícia Szczepanski. Título: “A Pesquisa e o Desenvolvimento no setor de energia elétrica brasileiro: sua eficiência e influência no desempenho empresarial das companhias do setor”; Instituição: Universidade Federal do Paraná;

3º Lugar: Economista Rafael Campos Bistafa. Título: “Impactos Econômicos da Nova Realidade da Exploração do Pré-sal. Existe uma ameaça ao etanol?” - Instituição: Fundação Getúlio Vargas - SP.

Categoria Artigo Técnico ou Científico:

1º Lugar: Economista Pedro Cezar Dutra Fonseca. Título: “Desenvolvimentismo: A Construção do Conceito”;

2º Lugar: Economista Márcia Scudella. Título: “O Cooperativismo e o Desenvolvimento Local: um estudo da cooperativa de crédito Sicredi Serrana RS - Unidade de atendimento de Boa Vista do Sul (RS) no período do 1997-2010”;

3º Lugar: Economista Verônica de Castro Lameira. Título: “O papel das redes na mobilidade laboral de curta e longa distância: evidências para o Brasil formal”.

Categoria Monografia de Graduação

1º Lugar: Estudante Daniel Ribera Vainfas - Título “O Mercado Enraizado: uma crítica ao mercado como ordenador universal da economia a partir da antropologia econômica de Karl Polayi”. Instituição: Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro;

2º Lugar: Estudante Marco Aurélio Sigismondi Ahuaji Filho. Título: “"Exportações por Intensidade Tecnológica dos Estados Brasileiros: evolução e importância no crescimento econômico"”. Instituição: Universidade Estadual de Ponta Grossa;

3º Lugar: Estudante Valdijane Alves Melo. Título: “Açailândia Expresso Progresso, eixo do Maranhão: Um olhar sobre o panorama histórico e econômico’. Instituição: Universidade Federal de Tocantins.

Matéria completa, no site do Cofecon