LIVE: “Homem, natureza e economia no Antropoceno”, com os professores economistas Maria Carolina Gullo e Daniel Caixeta Andrade

Os economistas Maria Carolina Gullo, professora do PPG em Direito Ambiental da Universidade de Caxias do Sul (UCS) e membro Diretoria Região Sul da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica (Ecoeco), e Daniel Caixeta Andrade, professor do Instituto de Economia e Relações Internacionais da Universidade Federal de Uberlândia (IERI-UFU) e presidente da Ecoeco, participam de live, nesta terça-feira, dia 15, às 18 horas. Abordarão o tema “Homem, natureza e economia no Antropoceno”, dentro do projeto “Força-tarefa: economistas falam à sociedade gaúcha”, promovido pelo Corecon-RS.


Transmissão 
https://www.facebook.com/coreconrs


Currículos

Maria Carolina Gullo
Graduada em Economia pela Unisinos, Mestrado em Economia Rural pela UFRGS e Doutorado em Economia pela UFRGS. Professora Adjunta da Universidade de Caxias do Sul (UCS). Atua como Professora do Programa de Pós Graduação em Direito (ambiental). Membro da Diretoria Região Sul da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica (Ecoeco).

Daniel Caixeta Andrade

Professor Associado do Instituto de Economia e Relações Internacionais da Universidade Federal de Uberlândia (IERI-UFU). É economista, graduado pela Universidade Federal de São João del Rei. Mestrado em Economia pela Universidade Federal de Uberlândia e o Doutorado em Desenvolvimento Econômico pelo Instituto de Economia da Unicamp. É presidente da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica (Ecoeco).

LIVE: "Cenários para a economia gaúcha: é a hora da retomada?”, com os economistas André Nunes de Nunes, Antônio da Luz, Patrícia Palermo e Darcy Francisco Carvalho dos Santos 

Os economistas ANDRÉ NUNES DE NUNES (Economista-Chefe da Fiergs), ANTÔNIO DA LUZ (Economista-Chefe da Farsul), PATRÍCIA PALERMO (Economista-Chefe do Sistema Fecomércio-RS) e DARCY FRANCISCO CARVALHO DOS SANTOS (Especialista em Finanças Públicas), participam da live “Cenários para a economia gaúcha: é a hora da retomada?”, no dia 8 de fevereiro (segunda-feira), às 19h30min. O evento, promovido pelo Corecon-RS, terá a mediação do economista MÁRIO DE LIMA (Doutor em Economia, presidente do Corecon-RS) e participação do economista FELIPE GARCIA (Professor da UFPel e vice-presidente do Corecon-RS).

Transmissão simultânea Facebook e YouTube

 

Currículos

André Nunes de Nunes

Graduado em Economia pela Universidade Federal do RS (UFRGS), Doutor em Economia Aplicada pela UFRGS. Atualmente é Economista-chefe da Federação das Indústrias do Estado do RS (Fiergs) e Coordenador do Comitê de Investimentos da Sociedade de Previdência Privada do RS (InduspreviRS). Economista do Ano 2020.

Antônio da Luz
Graduado em Economia pela UFRGS, Mestre em Economia (UFRGS) e Doutor em Economia do Desenvolvimento pela PUC-RS, e pós-graduado em Master Business Economics e também Derivativos Financeiros. Atua como Economista-Chefe do Sistema Farsul e professor Titular das disciplinas de Comercialização e Microeconomia em cursos de Pós-Graduação (Especialização e MBA) na ESPM. Atuou como economista da Agenda 2020 e como Corretor de Bolsa de Valores Mobiliários. É um dos 89 economistas brasileiros e estrangeiros que são consultados pelo Banco Central para elaboração do Relatório Focus, com as expectativas de mercado para PIB, Inflação, Juros, Câmbio, etc. Economista do Ano 2017. Ex-conselheiro do Corecon-RS.

Patrícia Palermo

Graduada em Economia, com láurea acadêmica, pela UFRGS. Mestre e doutora em economia aplicada pela UFRGS. Foi duas vezes prêmio "Jovem Pesquisador UFRGS/CNPq" na área de sociais aplicadas. É uma das autoras do livro “A crise econômica internacional e os impactos no Rio Grande do Sul”, primeira publicação em língua portuguesa a estimar os impactos da crise financeira internacional 2008/2009 e do livro “O Rio Grande tem Saída?”, publicado em 2014. É professora da ESPM Sul desde 2004, onde leciona nos cursos de Graduação em Administração e Relações Internacionais, da Faculdades São Francisco de Assis nos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Administração, Direito e Contabilidade e da Pós-Graduação em Administração da UniRitter. Professora da Perestroika Porto Alegre, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Rio de Janeiro e São Paulo. Foi economista da equipe que elaborou a Agenda 2020. É Economista-Chefe do Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac.

Darcy Francisco Carvalho dos Santos
Bacharel em Ciências Econômicas e em Ciências Contábeis pela UFRGS, com curso de Especialização em Integração Econômica e Comércio Internacional pela PUCRS. Trabalhou em diversas empresas privadas e foi auditor externo do Tribunal de Contas do Estado e auditor de finanças públicas da Secretaria da Fazenda do Rio Grande do Sul, ambos com ingresso através de concurso público. Exerceu cargos de coordenação e diretoria na administração estadual, e foi contemplado em três oportunidades com o Prêmio do Tesouro Nacional tratando de temas variados. Foi ainda autor e co-autor de cinco livros na área de Finanças Públicas (Noções Básicas de Orçamento e Finanças Públicas para Municípios, A crise das finanças estaduais - causas e alternativas, Finanças estaduais: verdades e mitos, Previdência social no Brasil: 1923-2009, e O Rio Grande tem saída?), e coordenador do grupo em Finanças Públicas estaduais da Agenda 2020. Conselheiro do Corecon-RS.

Mário de Lima
Economista, com doutorado em Economia pela PUCRS. Atua nas áreas de políticas públicas, finanças públicas, gestão pública, planejamento e desenvolvimento regional, urbano e metropolitano, com experiências em diversos órgãos e conselhos da administração pública brasileira. É professor universitário de graduação e pós-graduação há mais de oito anos. Como economista, atua como assessor na Secretaria Municipal da Fazenda de Porto Alegre/RS e é presidente da delegação de Controle do Departamento Municipal de Água e Esgoto de Porto Alegre (DMAE). Presidente do Corecon-RS.

Felipe Garcia Ribeiro

Possui doutorado em Economia pela Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas, é Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq e foi Secretário Adjunto e Assessor Especial de Política Econômica no Ministério da Economia. Também foi consultor do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e Pesquisador Visitante do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA). É professor adjunto da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e líder do grupo de pesquisa Avaliação de Políticas Públicas e Programas Sociais da Universidade.

LIVE: “A situação da economia na região de Horizontina”, com os economistas Stephan Sawitzki, Márcio Kalkmann e Clóvis Meurer

Os economistas STEPHAN SAWITZKI (Coordenador do Curso de Ciências Econômicas da Fahor), MÁRCIO KALKMANN (Professor da FAHOR) e CLOVIS BENONI MEURER (Superintendente da CRP Participações, ex-presidente do Corecon-RS) participarão de live, na próxima quinta-feira, dia 13, às 19 horas. Abordarão a situação da economia na região de Horizontina.


Transmissão
www.facebook.com/coreconrs
https://www.youtube.com/c/CoreconRS2020

 

Currículo

Stephan Sawitzki
Economista com MBA em Gestão Financeira e Controladoria. Mestre em Gestão de Organizações e Desenvolvimento. Professor e Coordenador nos Cursos de Gestão Financeira e Economia da FAHOR. Certificado pela Ancord e registrado na CVM como Assessor de Investimentos e Sócio da Lucrar Investimentos.
Márcio Kalkmann
Graduado em Ciências Econômicas com ênfase no Agronegócio pela Faculdade de Horizontina (FAHOR), com mestrado em Economia pela Unisinos. Professor na FAHOR, atuando como pesquisador em áreas da economia aplicada. Economista e consultor de mercado.
Clovis Benoni Meurer
Graduado em Ciências Econômicas e em Administração de Empresas, com especialização em Private Equity e Venture Capital. Superintendente da CRP Companhia de Participações. Possui mais de 30 anos de experiência na atividade de investimentos e em serviços financeiros, liderando mais de 100 operações, com conhecimento em diversos setores, além da estruturação e captação de mais de 10 Fundos. Fundador e atual Vice-Presidente da ABVCAP, membro da APIMEC, Membro de diversos Conselhos de Administração. Atuou na área de Investimentos do BADESUL e na antiga CRT.

 

Doutoranda da UFRGS apresentará trabalho em Congresso Europeu de Economia da Saúde

A Doutoranda em Economia pela Universidade Federal do RS (UFRGS), Cristiéle de Almeida Vieira, teve o seu trabalho “Hospitalizações para doenças infecciosas intestinais na primeira infância: análises espaciais entre microrregiões brasileiras” aprovado para participar da 8ª Conferência da Associação Europeia de Economia da Saúde, que ocorrerá entre os dias 1 a 3 de setembro próximo.

O trabalho, que tem como coautores a professora Cássia Kely Favoretto, da Universidade Estadual de Maringá, e o professor Paulo de Andrade Jacinto, da Universidade Federal do Paraná, trata dos determinantes socioeconômicos e de gestão em saúde das internações pordoenças infecciosas intestinais em crianças menores de cinco anos.

Cristiéle Vieira explica que, embora consideradas de baixo custo e fácil prevenção, no Brasil as doenças intestinais são responsáveis por parte significativa das internações de crianças entre zero e cinco anos. “No estudo, identificamos que os fatores que contribuem para esta ocorrência estão ligados a aspectos básicos da vida humana e que uma microrregião é afetada diretamente pela condição da região vizinha”. O estudo ajuda a entender melhor o comportamento da saúde infantil no Brasil, sendo de grande importância para a elaboração de políticas públicas eficientes no País.

Natural de São Gabriel, Cristiéle de Almeida Vieira é doutoranda em Economia, na área de Economia Aplicada pela UFRGS), onde é orientada pelo professor Giácomo Balbinotto Neto. É Mestra em Economia, na área de teoria econômica pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e Bacharela em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Durante o período da graduação exerceu monitoria remunerada da disciplina de Microeconomia I, participou como voluntária em projetos de pesquisa ligados a temática de pobreza e demografia, sendo agraciada com bolsa de Iniciação Científica de 2016 à 2017 (PIBIC/CNPQ; CSA/CCSH). Atualmente é bolsista CNPQ de doutorado. Este artigo é um dos ensaios de sua dissertação de mestrado, que foi premiada, em 2020, no 24º Prêmio Banco do Nordeste, na categoria economia regional.

LIVE: “A Dívida Pública do Estado do RS em 2020”, com os economistas Felipe Rodrigues da Silva e Mário de Lima


O economista FELIPE RODRIGUES DA SILVA (Auditor-Fiscal da Secretaria da Fazenda do Estado do RS, Chefe da Divisão da Dívida Pública do Tesouro do Estado) apresentará os números da Dívida Pública do RS, referentes ao ano 2020, o seu histórico e situação atual, na próxima quarta-feira, dia 5, às 17 horas. O evento terá a participação do economista MÁRIO DE LIMA (Professor, presidente do Conselho Regional de Economia do RS/Corecon-RS), como moderador. 

Transmissão
www.facebook.com/coreconrs
https://www.youtube.com/c/CoreconRS2020

LIVE: "Desafios e oportunidades para os futuros economistas", com a professora Kellen Fraga da Silva e estudantes de Cursos de Economia do RS

live 29042021

A professora e economista Kellen Fraga da Silva (Coordenadora do Curso de Ciências Econômicas da PUCRS) participará de live, nesta quinta-feira, dia 29, às 19 horas, oportunidade em que receberá estudantes de diversas faculdades de Economia do RS, para um bate-papo sobre impressões e expectativas que envolvem os Cursos, estágios, pandemia e oportunidades na futura profissão.

Participarão os estudantes Adrian Pavoni, da Unisinos, Carlos Vernieri, da UFRGS, Julia Kappaun, da Fahor, Julia Quintanilha, da UCS, Lucas Venturini, da PUC, Yuri Oliveira e Thaila Crizel, da UFPel.

Transmissão
www.facebook.com/coreconrs
https://www.youtube.com/c/CoreconRS2020

 

 

Relatório da Dívida do Estado será conhecido no próximo dia 29

- Há 12 anos, documento elaborado pelo Tesouro do Estado apresenta evolução e perspectivas para a gestão da dívida pública gaúcha -

A Secretaria da Fazenda e o Tesouro do Estado promovem, no dia 29 de abril, às 16 horas, o lançamento virtual da 12ª edição do Relatório Anual da Dívida Pública do RS, relativo ao ano de 2020. Durante o evento, haverá uma apresentação sobre o histórico e a situação atual da dívida do Estado, além de palestra com o economista sênior do Banco Interamericano de Desenvolvimento, Álvaro Manoel.

O documento é elaborado por técnicos do Tesouro do Estado, há 12 anos, num esforço de transparência sobre um tema muito específico e próprio da gestão estadual. 

O Relatório é anualmente lançado num evento que reúne profissionais das áreas de contabilidade, economia, além de universidades e servidores públicos. Para o Tesouro do Estado, a aproximação a esse público é uma forma de compartilhar o conhecimento e envolver a sociedade nas discussões deste que é um dos mais sensíveis temas sobre as finanças do Estado e do país.

O relatório será apresentado em live com dados são relativos ao exercício de 2020, ano em que também a gestão da dívida teve reflexos da pandemia, como na negociação das dívidas como o BNDES.

Em 2020, a dívida findada da administração direta do RS chegou a R$ 81,3 bilhões, dos quais cerca de R$ 69 bilhões correspondem à dívida com a União. Houve mudanças no Regime de Recuperação Fiscal, considerado prioridade para a gestão. A liminar obtida no STF em 2017 representou, até dezembro de 2020, um total de R$ 11,1 bilhões em pagamentos suspensos.

Com os desdobramentos que podem ocorrer neste ano, o Tesouro do Estado seguirá permanentemente trabalhando pelo esforço de ajuste do Estado, como na regularização de diversos pagamentos.

A transmissão será realizada pelo link www.bit.ly/2Q6LWsP e a presença deve ser confirmada pelo w-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

ANA abre processo seletivo para Economistas

A Agência Nacional de Águas e Saneamento (ANA) abriu processo seletivo para a área de Coordenação de regulação econômica. São 4 Vagas para Economistas – servidores ou empregados públicos federais graduados em Economia ou em Ciências Econômicas. As vagas possuem disponibilidade de teletrabalho integral e semipresencial.

Alguns dos requisitos são: ter concluído o estágio probatório, ter registro no Corecon, não estar respondendo processo administrativo disciplinar e uma autorização prévia da chefia imediata.

Os interessados devem encaminhar currículo vitae e telefone para: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. O procedimento de cessão de servidores ou empregados públicos federais é realizada entre o órgão de origem/entidade e a ANA.

Para mais informações, acesse: tinyurl.com/2mw4drdv

Abertas inscrições para mais uma edição do “Desafio Quero Ser Economista”

- O jogo, com premiação em dinheiro, é dirigido a estudantes do Ensino Médio de todo o País -

Encontram-se abertas as inscrições para a sexta edição do “Desafio Quero Ser Economista”. Promovido pelo Conselho Federal de Economia (Cofecon), em parceria com os Corecons, o jogo é dirigido a estudantes de Ensino Médio de todo o País e tem como objetivo apresentar a área de Economia e informar sobre o mercado de trabalho dos profissionais economistas, com o intuito de ajudar na escolha da futura profissão.

Durante a competição, os participantes respondem a enigmas, assistem a vídeos interativos e são desafiados a cumprirem diversas missões, tudo de uma forma muito divertida, simples e dinâmica. Assim, têm a oportunidade de conhecer melhor as escolas de pensamento econômico, os economistas históricos e diversos conceitos básicos da Economia. Nessa competição todos se divertem e ganham conhecimento. Mas, além de aprenderem sobre a área, também concorrem a ótimos prêmios em dinheiro. Os três primeiros colocados ganharão, R$ 2.000,00, R$ 1.500,00 e R$ 1.000,00, respectivamente.

O Desafio Quero Ser Economista acontece a partir do dia 3 de maio no site http://www.desafioquerosereconomista.org.br/desafio. É necessário fazer o login para acessar a área de jogo. Os desafios são acessíveis apenas aos participantes inscritos. Para quaisquer dúvidas, entre em contato pela página Quero ser economista, pelo perfil no Instagram (@querosereconomista_) ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

A página do Facebook e o perfil no Instagram, do Cofecon, servem de apoio ao jogo durante toda a competição. Por lá são divulgadas as palavras-chave respectivas a cada #DESAFIO.

Para obter todas as informações sobre o jogo, acesse http://www.desafioquerosereconomista.org.br/desafio

Serviço:
Competição Virtual: Quero Ser Economista
Inscrições gratuitas: de 5 de abril a 3 de maio
http://www.desafioquerosereconomista.org.br/
Total em prêmios: R$ 4.500

Corecon-RS visita Procuradoria Geral do Município de Pelotas

O economista perito Giovani Mota Moreira, membro do Conselho Consultivo da Comissão de Auditoria, Avaliação e Perícia Econômico-Financeira (Caape), representou o Corecon-RS, durante visita, na tarde de terça-feira, dia 13, ao Procurador-Geral do Município de Pelotas, Dr. Eduardo Schein Trindade. Moreira oficializou a entrega do Ofício nº 117/2021, assinado pelo presidente do Corecon-RS, economista Mário de Lima, que apresenta informações sobre a profissão dos economistas, em especial dos peritos, colocando a Entidade à disposição para auxiliar nas ações de nomeação ou contratação de profissionais.

Na oportunidade, o Procurador Eduardo Trindade esclareceu que, no corpo funcional da PGM estão lotados servidores de carreira e em Cargos em Comissão, que exercem com maestria a defesa dos interesses do Município, destacando, ainda, os casos de dois economistas que “vêm prestando relevantes serviços a partir da correta interpretação das decisões judiciais e da exatidão dos cálculos”.

A visita foi a primeira de uma série de outras, previstas a órgãos públicos pelo economista perito Gustavo da Cunha Raupp, conselheiro e coordenador do Caape, do Corecon-RS.

Página 1 de 83